Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

PERSISTENCIA E DEDICACAO FAZEM A DIFERENCA!

Hoje eu gostaria de contar a historia de uma rapaz austriaco que, com a sua dedicacao e persistencia, se tornou um idolo.
Arnold Schwarzenegger era o segundo filho de um chefe de policia e uma dona de casa. Aos 13 anos, este jovem ja tinha praticado alguns esportes, como futebol, atletismo, boxe e lancamento do dardo. Mas foi se encontrar no fisioculturismo (entre os 14 e os 17, as datas divergem).
Com sua incrivel determinacao, ele comecou como peso pluma e chegou a Mister Universo, com 20 anos. Foi o mais novo Mister Universo de todos os tempos, e ganhou o titulo mais 3 vezes. Aos 23 anos, ganhou o titulo de Mister Olimpia, e repetiu o feito mais 6 vezes.
Tendo cumprido o seu sonho de se tornar o maior fisioculturista do mundo, Schwarzenegger decidiu ser o maior ator do mundo. Comecou a sua carreira artistica em 1970, e ficou mundialmente famoso em 1982, com o lancamento do filme `Conan, o barbaro`. Apos isto, fez muitos filmes de sucesso.
Em 2003 passou para a carreira politica, elegen…

POR QUE FAZER DANCA DO VENTRE? TEXTO DE MAYRA SHAMS

Este texto foi extraido das paginas 32 a 35 do livro `A danca do ventre e sua face terapeutica`, da professora e bailarina Mayra Shams. Gostaria apenas de fazer uma ressalva - a parte mistica citada no texto (chakras, kundaline, terceira visao, shakti, etc), eu vejo com muita cautela. Prefiro me atar aos beneficios mais palpaveis, ou seja, fisicos e emocionais. Cada uma que faca a sua interpretacao e escolha o que serve e o que nao serve. Boa leitura!

Por que fazer danca do ventre?
As respostas estao nos beneficios trazidos em pouco tempo de pratica.
1 - Voce se sente mais bonita porque resgata sua feminilidade. Seu poder de atracao se amplia em funcao do magnetismo que eh trabalhado.
2 - Voce equilibra os hemisferios cerebrais, o que fara com que em seu campo energetico o parceiro ideal chegue em sua vida, pois voce equilibra a sua personalidade e atinge diretamente a autoestima (para as casadas nasce uma nova mulher que o marido tentara desvendar).
3 - Atraves do fluxo e refluxo da respi…

TEXTO EXTRAÍDO DO LIVRO "A DANÇA DO VENTRE E SUA FACE TERAPÊUTICA"

Meninas, este texto foi extraído do livro "A dança do ventre e sua face terapêutica", da dançarina e professora Mayra Shãms. Muito interessante para quem faz dança do ventre, ou está começando.

'I - Elimine a autocrítica de seu caminho, não se compare a ninguém, pois sendo você gorda, trabalhe seus valores e auto-aceitação. Ame-se, lute para ser feliz (a dança emagrece).
Não se acha bonita? Trabalhe a sua força interior. Reformule seus conceitos. Lembre-se de que a busca de aprovação e reconhecimento exterior, não a satisfará, mesmo que conviva com um grande número de pessoas.
Acha-se velha? Veja que o tempo é ilusão. A dança rejuvenesce, pense nisto! Que morram as células velhas, que nasçam as novas, que meu corpo se rejuvenesça, quanto mais madura, mais expressão a mulher coloca em sua face.
Não realizou um movimento? Cada pessoa tem seu ritmo, um bloqueio a vencer e despertar interno, tente quantas vezes forem necessárias. Viu-se a dificuldade do outro, não exalte a sua p…

NÃO SE ESTUDA A CIVILIZAÇÃO SEM TOPAR COM ÁRABES

Amigos, este texto foi extraído da Revista Fenae Agora, edição nº 68, ano 14, abril/maio 2011. A autoria é de Mylton Severiano, jornalista e escritor, espero que apreciem!

"De repente as atenções se voltam para a região do mundo que, em muitas cabeças, era o reino das mil e uma noites. A mídia colonizada em inglês e escrita em português se apressa em carimbar os árabes como potenciais inimigos. Deixemos de lado a motivação do Império, de assegurar seu suprimento de petróleo (digo Império sem ironia, refiro-me à 'capacidade de comandar', de imperar). Falemos dos árabes.
Quando a revolta começou na passagem para 2011, alguém comentou: vai piorar, vão tomar o poder muçulmanos fundamentalistas, eles querem acabar com a 'civilização ocidental'. Mas ora, será que imaginam quanto deve a civilização ocidental aos árabes?
Fiz bons amigos de origem árabe, e grandes humanistas: José Carlos Marão (Mahrun originalmente), Georges Bourdoukan, Narciso Kalili. Com eles aprendi que ár…