Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2007

Dança do ventre - principais dúvidas

1) O que é dança do ventre?
A dança do ventre é uma atividade feita especificamente para o corpo da mulher, e que trabalha também com os aspectos emocional e artístico da praticante.

2) Para que serve a dança do ventre?
A dança do ventre traz inúmeros benefícios, vamos citar apenas alguns:
Para o corpo: melhora a postura, enrijece a barriga e as pernas, define a cintura e melhora a flexibilidade.
Para a mente: aumenta a auto-estima e a auto-confiança, desenvolve a disciplina e a musicalidade, diminui o stress e resgata a feminilidade e a sensualidade.

3) Qual a idade mínima e a máxima para a prática da dança do ventre?
Idade mínima ideal: 15 anos, a nao ser que ja seja mocinha (quer dizer, ja tenha menstruado). Máxima: não tem, se a saúde for boa.

4) Qual o método de ensino de Aziza Mahaila?
Trabalhamos com plano de aulas, partindo do mais fácil para o mais difícil. Desta forma, a aluna tem condições de acompanhar a aula. Ensinamos, desde a primeira aula, a encaixar os passos aprendidos …

DANÇA DO VENTRE É TUDO!

Antes de falar sobre a dança do ventre, gostaria de acabar com o preconceito a respeito desta forma bela de arte. É aquela idéia de “dança mais sensual do planeta”. Não que a dança do ventre não seja sensual, mas é que ela não é apenas isso, senão vejamos: - É uma atividade física completa, perfeitamente adaptada para o corpo da mulher e, que movimenta todos os músculos do corpo, da cabeça até a ponta dos pés; - É uma atividade terapêutica, já que trabalha o aspecto emocional e com a auto-estima; - É uma forma de manter a saúde mental, pois desenvolve a memória, a concentração, a imaginação e a criatividade; - É uma maneira de entreter e alegrar as pessoas, tanto em festas familiar-profissionais, quanto em espetáculos; - É uma forma de arte, pois permite a dançarina expressar-se e trabalhar com a sua emoção, bem como a emoção do espectador; - É um resgate histórico-cultural, já que conserva viva a cultura árabe, bem como algumas danças folclóricas árabes; - É uma forma de auto-conhecimento,…