Entrevista com a Professora Lena Hage

Segue abaixo uma entrevista que fiz hoje, 04/04/2013, com a minha amiga Lena Hage, professora no Estudio Aziza Mahaila. Obrigada, Lena!

Ha quanto tempo voce faz danca do ventre?
Ha 09 anos.

Por que comecou a dancar?
Para fazer uma surpresa para um namorado, mas quem acabou seduzida fui eu - pela danca! Eu achava que a danca do ventre era soh uma maneira de seduzir, mas vi que por tras dela existia toda uma cultura e uma historia. Descobri tambem que nao era apenas mexer os quadris e balancar um veu, existe uma tecnica para se aprender a danca do ventre.

Quais foram as suas professoras?
De danca do ventre, Shara Kadosh, com quem fiz formacao integral, e tambem com Linda Hathor. Tambem fiz aulas de danca tribal com Shaide Halim e Bety Damballah.

Quais os beneficios que voce sentiu no seu corpo, no emocional, na autoestima?
No corpo - minha postura melhorou e me sinto mais alta; eu nao tinha cintura, ela ficou mais delineada; a musculatura das minhas pernas e bracos ficou mais definida; eu tinha intestino preguicoso, melhorou bastante; ate a minha mao ficou mais bonita, os dedos ficaram mais alongados.
No emocional - fiquei mais carinhosa, calma e relaxada; me tornei mais feminina; quando eu danco, o stress vai embora.
Na autoestima - comecei a me cuidar mais, a me maquiar, corrigir as sobrancelhas, cuidar do cabelo; eu nao usava salto alto, passei a usa-los; comecei a usar roupas mais femininas, como vestidos e saias. Camiseta de politico, chinelo de dedo e calca de moleton, nunca mais usei. Soh me visto bem, estou sempre produzida.

Quando voce esta dancando, como se sente?
Eu me sinto em outro pais, como se estivesse na Arabia ou no Egito. Sinto prazer em dancar, pena que acaba rapido. Me sinto uma mulher bonita e admirada quando estou dancando. Enfim, me sinto feliz.

O que eh para voce dar aulas de danca do ventre?
Eh conseguir um retorno financeiro de uma coisa que me dah prazer, ou seja, unir o util ao agradavel. Eu sinto o maior carinho pelas minhas alunas, quero que elas facam mais do que imaginam ser capazes. Eu quero que elas aprendam, e que futuramente possam ensinar a danca do ventre a outras mulheres, e que facam isso com amor e humildade, dando o melhor de si.

O que voce tem a dizer as mocas/mulheres que querem comecar a fazer danca do ventre?
Eu diria o seguinte - querem se amar? Querem se gostar? Entao venham fazer danca do ventre. Porque para amar alguem, a gente tem que se amar primeiro, e o amor eh a solucao para todos os problemas.

Comentários

claudinha disse…
Ameei a entrevista e não é porque sou aluna da Lena Hage e da Aziza Mahaila. Mas, realmente a dança nos remete a um novo mundo, cheio de emoções, descobertas, superação e principalmente nos transforma em mulheres ainda mais lindas e confiantes. Amoo a dança e amo minhas profs divas e super profissionais.

Postagens mais visitadas deste blog

INFLUENCIAS ARABES NO BRASIL - Texto de Patricia Bencardini

COMPOSIÇÃO COREOGRÁFICA NA DANÇA DO VENTRE - TEXTO DE MELLISSA MEL

Dança do ventre - principais dúvidas