quinta-feira, 13 de junho de 2013

RITMOS MAIS CONHECIDOS PARA DANCA DO VENTRE - Texto de Patricia Bencardini

Segue abaixo mais um trecho do livro `Danca do ventre - ciencia e arte`, de Patricia Bencardini, paginas 79 a 83. Eh um texto super interessante para quem quer aprender mais sobre danca do ventre. Gostaria de lembrar que podem existir algumas diferencas de grafia nas palavras arabes, como por exemplo a palavra saidi, que ela escreve said (com `d` mudo). Para complementar o texto, aconselho que acessem a pagina http://www.derbake.com.br/ritmosarabes.html, de Pedro Francolin, onde voces poderao escutar os ritmos, tocados por ele no derbake. Peco a gentileza de nao usar o texto sem citar a fonte. Grata!


RITMOS MAIS CONHECIDOS PARA DANCA DO VENTRE


BALADI
Eh, sem duvida, o mais conhecido e mais utilizado ritmo para danca do ventre. Em arabe, baladi significa meu povo, pode representar a terra natal e tudo o que tenha origem popular. A danca caracteriza-se pela marcacao forte do ritmo: os pes da bailarina marcam o tempo musical enquanto seu quadril marca o contratempo. Esta ai o segredo da precisao tecnica de uma boa dancarina. Eh o ritmo mais executado pelos musicos e cantores pop, principalmetne no Egito, jah que possui forte apelo comercial.

SAID
Traduzido diretamente para o portugues significa feliz, eh um ritmo arabe bastante popular executado em ocasioes festivas. A palavra Said tambem pode ser usada para Egito ou uma determinada regiao desse pais, onde se acredita que o ritmo tenha sido criado. Eh considerado um estilo folclorico e popular para concepcao de espetaculos de danca. No Brasil eh conhecido como o ritmo da danca com bastao. Estudiosos da cultura arabe dizem que em principio este ritmo era dancado apenas por homens que simulavam batalhas com seus longos bastoes, sendo tambem um treinamento para lutas. Esta danca masculina lembra bastante o maculele dancado no Brasil, fazendo supor que as origens africanas sejam comuns aos dois tipos de danca. No Egito, os homens faziam espetaculos de Tahtib, danca que traduz uma especie de luta com bastoes que se batem no espaco, marcando o ritmo. Nessa especie de arte marcial, os movimentos sao fortes e ageis, marcados por saltos, giros e batidas de bastoes.

SAUDI
Tambem conhecido como Khalige, embora esta palavra signifique apenas a localizacao geografica que originou este ritmo e compreende toda a regiao da Arabia Saudita e paises do Golfo Persico (Jordania, Iraque, Emirados Arabes Unidos, etc...). No Oriente, eh chamada de danca dos desertos, jah que os nomades sao dancarinos tradicionais. As mulheres, vestidas com suas longas tunicas de corte geometrico e ricamente bordadas, dancam de forma bastante sensual, movendo a cabeca, mexendo nos cabelos e marcando ritmo com os pes.

ZAFI OU ARRUSSATI
Mais conhecido como marcha nupcial arabe. Marca a entrada dos noivos no local da cerimonia e celebra a uniao. Em principio, apenas os noivos entram dancando e convidam as pessoas para compartilhar de sua alegria.As noivas tambem podem entrar acompanhadas por mulheres dancando, cantando e fazendo zalghuta (aquele gritinho lilililililili). Esse costume eh mais comum nas aldeias, onde as bailarinas fazem papel de damas de honra e acompanham a noiva da saida de sua casa ate a chegada ao local onde serah celebrado o casamento. Geralmente as mulheres que acompanham a noiva sao suas tias e mulheres mais velhas.

ZAR
Chamado popularmente de ritmo de macumba, eh o estilo que marca os rituais de comunicacao entre os seres humanos e os jins. Geralmente eh executado pelas gawazi (ciganas) e serve para livrar os homens de possessoes demoniacas. Os jins sao aqueles seres citados nas historias das mil e uma noites que ficaram conhecidos como genios da lampada. Em principio nao sao bons nem maus, e trabalham atendendo aos pedidos de seus `amos` atraves de magias e encantamentos, como na historia de Aladim. Esses sao rituais ancestrais e que perduram no Oriente, porem, em varios paises o culto aos jins foi proibido principalmente por envolver sacrificios de animais. Atualmente este ritmo eh executado dentro de espetaculos de danca, mas sem o objetivo ritualistico.

FALAHI
Tocado e dancado pelos Falahin ou camponeses, que moram no interior do Egito e sao geralmente pastores de cabras e camelos, podendo, ou nao, dedicarem-se a agricultura. Eh ritmo bem rapido, que exige precisao e forca da bailarina na hora de dancar.

MALFUF
Eh um ritmo muito rapido, tipico do Egito. Durante espetaculos de danca do ventre eh utilizado como `ponte` de movimento, ou seja, faz a passagem de uma situacao cenica para outra.

WAHDA EL NUSS
Conjunto duplo, popularizado como o ritmo para danca da serpente, onde a bailarina deve mover seu corpo como se fosse uma cobra. Os bracos sao a prioridade de movimento neste ritmo lento e cadenciado, de origem antiga. Geralmente eh o ritmo utilizado pelos musicos como base para o improviso melodico chamado taksim.

MAKSUN
Eh considerado uma forma mais acelerada do ritmo baladi.

Estes sao apenas alguns dos ritmos usados para danca oriental, existem muitos outros que variam de regiao para regiao.

Nenhum comentário: